Parece-me que este desgoverno está fortemente empenhado em sugar, entre outras coisas, qualquer réstia de esperança em dias melhores. Como é possível que não se pense em criar emprego, em dar oportunidade aos jovens deste país e empregar os que ficaram sem emprego e ainda se encontram aptos para produzir? Como é que se pode recuperar uma país à custa apenas dos que mantem os seus postos de trabalho e são absorvidos pelas sobretaxas que são criadas todos os dias? E não me venham dizer que as greves não são solução, que contribuem para a recessão económica e mais não sei o quê porque eu sei que contribuem, mas ainda assim ninguém me consegue fazer deixar de acreditar no poder da demonstração do descontentamento o que já não acontece com este governo.